Retoma económica: Segunda parcela de um pacote de 4 mil milhões de euros contempla 43 projectos de gasodutos e electricidade

segunda-feira
03:21:08
março
29 2010

Retoma económica: Segunda parcela de um pacote de 4 mil milhões de euros contempla 43 projectos de gasodutos e electricidade

A Comissão Europeia aprovou hoje 43 grandes projectos de energia que contribuirão significativamente para a retoma económica da UE, além de reforçarem a segurança do nosso aprovisionamento energético pela criação de infra-estruturas transfronteiras. Com a decisão hoje tomada, a Comissão concede 2,3 mil milhões de euros a 31 projectos de gás e a 12 de electricidade. Trata-se da segunda decisão financeira no âmbito do pacote relativo à retoma económica, que ascende a quase 4 mil milhões de euros, o montante mais elevado que a UE jamais investiu em infra-estruturas de energia.

View 162.3K

word 726 read time 3 minutes, 37 Seconds

Palavras de José Manuel Durão Barroso, Presidente da Comissão Europeia: «Por intermédio do plano de recuperação da União Europeia, financiamos o "investimento inteligente” – um estímulo de curto prazo que visa objectivos a longo prazo. O investimento em infra-estruturas-chave não só impulsionará a economia e o emprego, mas também ajudará a assegurar aquecimento e energia eléctrica nos lares dos cidadãos, mesmo na eventualidade de rupturas do abastecimento. Aprendemos as lições da recente crise do gás, uma das razões pelas quais decidimos atribuir grande assistência financeira a novos projectos de infra-estruturas energéticas.»

Günther Oettinger, Comissário europeu responsável pela Energia, declarou: «Nunca antes a Comissão aprovou um montante tão avultado para projectos de energia. Seleccionámos projectos-chave que ajudarão a criar na Europa uma rede energética mais integrada, garantindo fluxos de energia flexíveis através das fronteiras dos Estados-Membros. Os objectivos da Europa para a energia e para o clima exigem investimentos grandes e arriscados em infra-estruturas, com longos períodos de retorno. O problema é que, no actual panorama económico, tais projectos arriscam-se a sofrer atrasos. Atravessamos um momento em que a Europa pode desempenhar um papel importante para manter esses projectos em andamento.»

A decisão de hoje da Comissão concede 910 milhões de euros para 12 projectos de interconexão eléctrica e 1390 milhões para 31 projectos de gasodutos. Os projectos seleccionados ajudarão a concretizar grandes investimentos que enfrentavam o risco de atraso considerável devido ao abrandamento económico. Ao cofinanciar partes desses projectos até 50%, o contributo da União Europeia ajudará a libertar 22 mil milhões de euros de investimento do sector privado. No total, serão concedidos 2,3 mil milhões de euros aos promotores dos projectos ao longo dos próximos 18 meses.

Os projectos de infra-estruturas de electricidade e gás seleccionados reflectem as prioridades energéticas da UE, entre as quais a necessidade de interligar melhor todos os Estados-Membros e reduzir o isolamento das zonas mais remotas, como os três países bálticos, a Irlanda e Malta. Confirmam também a necessidade de maior segurança nos abastecimentos de gás, mediante o apoio a projectos de fluxos bidireccionais em nove Estados-Membros e aos projectos Nabucco e Galsi de diversificação das importações de gás.

Estes investimentos ajudarão a estimular o emprego e a assegurar a sobrevivência de muitas pequenas empresas dos sectores da construção e dos serviços, além de tornarem o abastecimento energético mais fiável para milhões de pessoas, especialmente na eventualidade de uma crise do aprovisionamento.

Antecedentes

Em Março de 2009, a UE reservou 3,98 mil milhões de euros para apoio à retoma económica europeia.

Com os projectos nos domínios do sequestro de carbono e da energia eólica off-shore, que a Comissão concordou em apoiar a 9 de Dezembro de 2009, ficam afectados 97% do orçamento destinado a projectos no âmbito do Programa Europeu no domínio da Energia para o Relançamento da Economia.

A Comissão apresentará um relatório ao Conselho Europeu em Março de 2010.

A lista completa dos projectos é anexa ao presente comunicado de imprensa.

Source by Europe_(EU)


LSNN is an independent editor which relies on reader support. We disclose the reality of the facts, after careful observations of the contents rigorously taken from direct sources, we work in the direction of freedom of expression and for human rights , in an oppressed society that struggles more and more in differentiating. Collecting contributions allows us to continue giving reliable information that takes many hours of work. LSNN is in continuous development and offers its own platform, to give space to authors, who fully exploit its potential. Your help is also needed now more than ever!

In a world, where disinformation is the main strategy, adopted to be able to act sometimes to the detriment of human rights by increasingly reducing freedom of expression , You can make a difference by helping us to keep disclosure alive. This project was born in June 1999 and has become a real mission, which we carry out with dedication and always independently "this is a fact: we have never made use of funds or contributions of any kind, we have always self-financed every single operation and dissemination project ". Give your hard-earned cash to sites or channels that change flags every time the wind blows , LSNN is proof that you don't change flags you were born for! We have seen the birth of realities that die after a few months at most after two years. Those who continue in the nurturing reality of which there is no history, in some way contribute in taking more and more freedom of expression from people who, like You , have decided and want to live in a more ethical world, in which existing is not a right to be conquered, L or it is because you already exist and were born with these rights! The ability to distinguish and decide intelligently is a fact, which allows us to continue . An important fact is the time that «LSNN takes» and it is remarkable! Countless hours in source research and control, development, security, public relations, is the foundation of our basic and day-to-day tasks. We do not schedule releases and publications, everything happens spontaneously and at all hours of the day or night, in the instant in which the single author or whoever writes or curates the contents makes them public. LSNN has made this popular project pure love, in the direction of the right of expression and always on the side of human rights. Thanks, contribute now click here this is the wallet to contribute


Similar Articles / Retoma e...tricidade
from: ladysilvia
by: Europe
from: astronomia
by: esaint
from: ladysilvia
by: Apple